Art.25

Seção II

Da admissão como sócio titular

 

Art. 25 O processo de admissão na categoria de sócio titular dependerá:

I – Da apresentação, pelo interessado, da seguinte documentação:

a)       Termo de adesão;

b)       Cópia do Contrato Social ou alteração contratual consolidada;

c)       Cópia do registro em ao menos umdos respectivos conselhos profissionais, comprovando sua regularidade;

d)       Cópia do CNPJ.

II – De decisão favorável e unânime do Presidente, do Secretário e do Tesoureiro.

§1º Sendo a decisão favorável não unânime, poderá o dissidente convocar a Diretoria, submetendo a ela as razões do veto.

§2º Acolhidas as razões do veto, a Diretoria indeferirá o pedido de admissão. Sendo a decisão favorável à admissão, o interessado será admitido como sócio titular.

§3º O interessado será cientificado do indeferimento do pedido, podendo, no prazo de quinze dias úteis, contados da ciência da decisão, interpor recurso perante a Assembléia Geral Extraordinária.